Fiat Zona de iniciantes
Fazer Login
Academia de CoinEx

Qual a diferença entre a Cunhagem e a Mineração Cripto?

2023-02-09 16:00:00

Na moeda fiduciária, cunhar ou mintar é a criação de novas moedas, tornando-as com curso legal e injetando-as em circulação, e mineração é a extração de minerais preciosos ou outros elementos geológicos da Terra, mais comumente de um corpo de minério. Minérios extraídos, como prata e ouro, podem ser usados para cunhar moedas. 

Você aprenderá a diferença entre cunhagem e mineração no contexto cripto neste artigo.

O que significa cunhar?

Cunhar é a criação de novas criptomoedas como recompensa para os validadores quando eles confirmam blocos de transações, autenticam dados e os registram na blockchain. A cunhagem é feita seguindo o protocolo blockchain Proof of Stake.

O staking é usado pelo consenso Proof of Stake para coordenar a verificação dos dados da transação e a validação dos blocos da transação. A cunhagem de criptomoedas requer validadores, assim como a mineração de criptomoedas requer mineradores.

O usuário que quer se tornar um validador deve depositar a moeda nativa da blockchain para ser elegível. O consenso Proof of Stake escolhe validadores aleatoriamente usando um processo automatizado. 

Aqueles que colocaram mais moedas em stake têm maior probabilidade de serem escolhidos como validadores para verificar as transações na blockchain. A principal responsabilidade de um validador é registrar e confirmar cada transação feita na rede.

Na cunhagem, qualquer validador que viole o protocolo envolvido na validação de blocos de transação perde a criptomoeda apostada. As recompensas do validador na cunhagem vêm das taxas de transação que os usuários pagam quando realizam transações na blockchain.

O ecossistema de criptomoedas também gera outros ativos, como Tokens não Fungíveis (NFTs). É importante observar que a cunhagem de moedas difere da cunhagem de tokens. NFTs são criações digitais tokenizadas que variam entre: 

  • arte
  • ativos digitais
  • certificações
  • colecionáveis digitais
  • cartões colecionáveis, etc.

Cunhar NFTs para o blockchain não é restrito a validadores, qualquer um pode salvar qualquer criação digital ou documento como tokens na blockchain. No contexto dos NFTs, a cunhagem é o processo de renderização de ativos digitais na blockchain.

O que é mineração?

A mineração de criptomoeda é o processo pelo qual os usuários da rede blockchain, conhecidos como mineradores, verificam os blocos de transações no intuito de manter a segurança da rede e receber recompensas (cripto) por seu trabalho. A mineração gera criptomoeda e os mineradores são recompensados por manter a rede.

Em poucas palavras, a mineração é o processo de validação de transações no livro razão da blockchain, empregando poder de processamento de hardware e software para resolver um algoritmo complexo e ganhar criptomoeda como recompensa pela validação de blocos de transações.

A mineração exige o uso de dispositivos de hardware especializados de alto desempenho para realizar cálculos difíceis, validar e registrar cada nova transação, e garantir a segurança da blockchain. Cada peça de hardware ou software envolvida no processo é chamada de node de rede.

Esses nodes competem para prever corretamente o hash da transação, um inteiro hexadecimal. O registro da blockchain é atualizado com a transação recém-confirmada pelo computador que obtém o hash da transação mais rapidamente, o que também o recompensa com a criptomoeda recém-criada.

Os mineradores cripto fornecem voluntariamente a enorme quantidade de poder de processamento necessário para a mineração. Como o computador do minerador salva milhares de registros de transações localmente, a mineração exige muitos dados e não é lucrativa para os mineradores individuais. 

Atualmente, as fazendas de mineração compram equipamentos de mineração caros e altamente eficazes e pagam pela eletricidade necessária para mantê-los funcionando.

Às vezes, essas fazendas não geram energia de mineração suficiente, portanto, elas juntam seu poder de computação e formam pools de mineração. Um pool de mineração compartilha as recompensas de acordo com o poder que cada fazenda de mineração gera.

Diferença entre minerar e cunhar

O método de consenso fundamental é o processo pelo qual novas criptomoedas são criadas como recompensa distinguem a cunhar da minerar.

  • O consenso Proof of Stake é necessário para a cunhar criptomoedas;
  • O consenso Proof of Work é necessário para a minerar criptomoedas. 

No final de ambos os processos, as moedas são cunhadas, mas a mineração PoW e a cunhagem PoS diferem no processo usado para atingir o mesmo objetivo.

A blockchain deve ser protegida para distribuir tokens recém-criados de maneira descentralizada, o mesmo objetivo é compartilhado pelas operações de cunhagem e mineração.

A mineração inclui a cunhagem como um subconjunto; na rede bitcoin, a primeira vez que um novo hash de bloco é descoberto são criadas novas moedas.

Cunhagem x Mineração x Staking 

A cunhagem difere da mineração, mas é semelhante nos processos que envolvem o staking. Essas terminologias básicas são muitas vezes mal interpretadas pelos iniciantes em criptomoedas.

Como os pontos acima explicam, a cunhagem de criptomoedas é como novas moedas são adicionadas à circulação em um consenso de Proof of Stake. Na cunhagem de criptomoedas, as transações são validadas por validadores.

Os validadores são nodes que protegem a rede fazendo staking da criptomoeda nativa da blockchain. A responsabilidade dos validadores é confirmar as transações feitas na rede, e eles são recompensados com taxas de transação por essa tarefa.

A cunhagem também é o processo de renderização de ativos digitais na blockchain, esses ativos são conhecidos como tokens não fungíveis (NFTs).

Semelhanças entre mineração, cunhagem e staking 

Mineração e cunhagem são semelhantes, pois visam alcançar o mesmo resultado com abordagens diferentes. A mineração de criptomoeda funciona com o consenso Proof of Work, enquanto o staking funciona com o consenso Proof of Stake.

Na mineração, blocos de transações são validados com nodes realizando cálculos matemáticos. Na cunhagem, os blocos de transações são validados com validadores fazendo staking da criptomoeda nativa da blockchain.

Diferenças entre staking vs mineração e cunhagem

O staking de criptomoeda difere fundamentalmente da mineração e cunhagem, mas o staking é um dos processos exigidos pelos validadores na cunhagem de criptomoeda. O objetivo da mineração e cunhagem de criptomoedas é manter a segurança da blockchain e validar as transações na blockchain.

O staking é um meio de gerar renda passiva sem negociar. O staking oferece aos investidores de criptomoedas uma maneira de usar seu ativo e gerar renda passiva sem precisar vendê-la ou trocá-la. A alternativa é usada para fornecer liquidez em exchanges descentralizadas (DEX). Onde os usuários obtêm lucros fornecendo liquidez às exchanges por um período de tempo.

Isso também é chamado de staking DeFi ou farming DeFi e os investidores que fazem staking de suas criptomoedas e fornecem liquidez na corretora descentralizada são chamados de provedores de liquidez (LP).

Manter criptomoedas em staking é análogo a fazer investimentos em contas de poupança com juros altos. Quando você coloca dinheiro em uma conta poupança de alto rendimento, seu banco normalmente investe ou empresta esse dinheiro a outras pessoas.

Você recebe uma porcentagem dos juros do empréstimo em troca de manter esse dinheiro no banco por um determinado período. Da mesma forma, quando você faz stake de sua criptomoeda, você bloqueia as moedas para fornecer liquidez e permitir negociações ágeis.

Os lucros dos ativos em staking são calculados como rendimentos percentuais. Os rendimentos são calculados a partir das taxas de transação que os usuários pagam ao negociar. Esses retornos são mais altos do que qualquer taxa de juros bancária.




Artigo Passado
O que é um Gráfico de Velas?
Artigo Próximo
Como maximizar o retorno do investimento em pool de liquidez?