Fiat
Mercado
Spot
Futuros
Finanças
Promoção
Mais
Zona de iniciantes
Fazer Login
Academia de CoinEx

Conheça a criptomoeda meme “Pepe Coin”

2023-05-18 08:59:46

A criptomoeda meme criada esse ano que até Elon Musk vem dando uma força para sua valorização

moeda

Além das criptomoedas tradicionais no mercado, como o Bitcoin (BTC) ou Ethereum (ETH), vimos a criação de criptomoedas “meme”, onde foram desenvolvidas como forma de brincadeira, conquistando cada vez mais um espaço no mercado até se tornarem relevantes. 

Essas criptomoedas memes são baseadas em memes populares na internet, como a Dogecoin (DOGE) que utiliza o meme do cachorro Shiba Inu como símbolo. Entretanto, outra moeda que vem se tornando tão popular quanto a DOGE e virou a meme coin do momento é a Pepe. Nesse artigo, vamos explorar esse fenômeno e explicar um pouco mais sobre o ativo. 

O surgimento da Pepe, criptomoeda meme

A criptomoeda é baseada no famoso meme “Pepe the Frog”, o meme do sapo, criado pelo artista Matt Furie em 2005. A popularidade do meme levou ao desenvolvimento da criptomoeda, criada por um grupo anônimo, lançada em abril de 2023.

Esse ativo, Pepe Coin, foi impulsionado pela ideia de aproveitar o meme e o engajamento em torno dele para oferecer uma alternativa descentralizada e inovadora ao sistema financeiro tradicional. Afinal, é comum combinar os memes com as tecnologias cripto e blockchain.

A moeda gerou grande repercussão por conta da valorização e por ser uma moeda meme, onde a relação de criptomoedas e memes vai além do caso da Pepe, pois tanto a moeda, quanto o meme são produtos da cultura digital e visam engajar a comunidade e os fãs dos memes para o mercado cripto. 

Característica e funcionamento da Pepe

A Pepe utiliza a tecnologia blockchain como base para sua infraestrutura. De acordo com seus desenvolvedores, a criptomoeda tem como um dos principais objetivos criar uma plataforma para negociar e compartilhar meme e imagens do “Pepe the Frog”. 

Os memes compartilhados são como ativos colecionáveis chamados de “Rare Pepes” (Pepes raros). A criptomoeda possui uma forte comunidade que vem dando apoio e promovendo os memes para uma aceitação maior do mercado. 

Entretanto, assim como qualquer outro ativo, é importante entender que as criptomoedas memes possuem maior volatilidade, por ainda não ter um projeto sólido e ser considerada apenas uma moeda criada para diversão dos usuários.

Valorização da Pepe no mercado

A criptomoeda Pepe possui uma capitalização de mercado de US$1,6 bilhão, tornando-se uma das criptomoedas mais populares desse ecossistema. Seu fornecimento total é de 420.690.000.000.000 tokens, cerca de 93% foram destinados às reservas de liquidez, e os 6% restantes foram armazenados em uma carteira multi-assinatura, onde os desenvolvedores reservaram para serem usadas como tokens em listagens em exchanges centralizadas.

Sem contar na sua valorização, após o CEO da Tesla, Elon Musk, compartilhar sobre a meme coin em seu Twitter, aumentando assim a popularidade do ativo. A moeda disparou 26% após o comentário e subiu para a posição 57ª no ranking do CoinMarketCap.

Elon Musk é conhecido no mercado por impulsionar criptomoedas memes. Não é à toa que a Dogecoin se tornou a moeda do Twitter após a compra da rede social pelo bilionário. O CEO da Tesla constantemente fala e comenta da DOGE, aumentando sua popularidade e adoção entre os usuários.

Impacto da Pepe no mercado

Desde o seu lançamento, o valor de mercado da Pepe tem experimentado flutuações consideráveis, refletindo a natureza volátil do mercado cripto. A popularidade do meme e o engajamento da comunidade podem influenciar diretamente no seu preço.

Como vimos, um pequeno tweet do Elon Musk já valorizou o ativo consideravelmente. Mas, após esse movimento de supervalorização, vem, em seguida, a correção, o que gera questionamento sobre o impacto de criptomoedas meme no mercado como um todo, incluindo o reflexo que terá no próprio BTC. 

No entanto, a Pepe Coin acabou gerando um aumento nas taxas pagas para transferências na rede Ethereum, por ser um protocolo ERC-20. Houve um aumento na demanda das transações e, por consequência, um impacto no quanto deveria ser pago nas negociações.

Conclusão

A criptomoeda meme Pepe é um dos exemplos da interseção entre a cultura da internet e as tecnologias cripto e blockchain. Através do meme do sapo Pepe, a moeda digital conseguiu atrair uma comunidade engajada de fãs e investidores. 

Com base na tecnologia blockchain e contratos inteligentes, a Pepe oferece uma forma inovadora de expressão financeira, assim como a Doge, ou a Shiba Inu, que aproveitaram a popularidade dos memes para impulsionar seu valor e adoção.

Embora o Pepe tenha conquistado algum reconhecimento no mercado de criptomoedas, é importante observar que as criptomoedas meme enfrentam desafios significativos. A volatilidade do mercado, a concorrência e a regulamentação governamental podem influenciar seu sucesso a longo prazo. 

Portanto, é fundamental para os usuários e investidores considerarem cuidadosamente os riscos e as perspectivas futuras antes de se envolverem com o Pepe ou qualquer outra criptomoeda meme.

No entanto, independentemente do futuro do Pepe, a existência de criptomoedas meme destaca a capacidade das criptomoedas de transcenderem as fronteiras tradicionais do sistema financeiro e se tornarem um veículo de expressão cultural e entretenimento. 

A combinação da cultura meme com a tecnologia blockchain abre novas possibilidades e desafios emocionantes para a evolução das criptomoedas e da cultura da internet como um todo.

Artigo Passado
Você sabe quantos bitcoins existem no mercado?
Artigo Próximo
Por trás da Web3: liberdade, privacidade, segurança e anti-monopólio