Fiat Zona de iniciantes
Fazer Login
Relatório de Pesquisa

Instituto CoinEx|Soluções de staking líquido em um ecossistema multi-chain

2022-03-30 07:20:44

Nós já abordamos a noção de Prova de Participação (PoS) e mencionamos que a escala global de staking vale US$ 217,94 bilhões, mas o valor de mercado de tokens em staking com protocolos de staking líquidos representa uma proporção muito pequena, com uma taxa de penetração de apenas 7,9%, que tem crescido rapidamente.

Diante da alta súbita de múltiplas redes públicas e das desvantagens do staking sob o mecanismo convencional de PoS, o staking líquido se revelou um mercado promissor. No artigo anterior, apresentamos três soluções de staking líquido em ETH 2.0: Lido, Rocket Pool e Stakewise.

Sabemos que há uma demanda enorme pelo staking líquido no ETH 2.0. No entanto, em redes públicas em ascensão como Polkadot, Terra, Cosmos, Polygon e Solana, nós e validadores participantes da camada subjacente das redes públicas, também recebem recompensas de bloco e taxas consideráveis, o que atraiu muitos operadores de nós e usuários.

Hoje, iremos nos concentrar em soluções de staking líquido construídas em Polkadot, Cosmos, Solana e Terra.

1. Stader (Terra)

TVL: US$ 804,42 milhões (cerca de 839 milhões de LUNA)

Redes suportadas: Terra (Solana/Fantom/Near/Hedera em breve)

Em 12 de fevereiro, aproximadamente mais de 30.000 carteiras independentes cunharam o LunaX no contrato de staking líquido da Stader, um protocolo que está construindo uma infraestrutura modular de contrato inteligente para stake em redes que usam PoS.

Seus contratos modulares inteligentes/estratégicos permitem que terceiros aproveitem seus componentes e criem soluções personalizadas.

O protocolo lançou dois produtos de stake no Terra — staking simplificado (Stake Pools) e staking líquido (LunaX). Além disso, também introduziu o Stake+ para investidores de varejo e em breve lançará o Degen Vaults, uma plataforma no estilo Yearn para estratégias de cultivo de rendimento usando o LunaX.

O Stader melhora a UX/UI através de produtos, ferramentas e interfaces personalizadas para delegação inteligente, governança e gerenciamento de recompensas. Esse protocolo gera o melhor rendimento de paridade de risco em recompensas de staking e liquidez em ativos em stake, fornecendo acesso a protocolos de empréstimos cross-chain (através de diferentes blockchains), derivativos de staking líquido, pools de staking gamificados e swaps de recompensas futuras.

 


 

 

Fonte: Stader

Token SD

Captura de valor: a Stader cobra uma porcentagem de suas recompensas como taxa; essa é a principal fonte de receita da plataforma. A taxa varia de 3% a 10% da recompensa, dependendo do tipo de solução, e uma parte é paga aos stakers do token SD.

LunaX

LunaX é um token de staking líquido que permite o desbloqueio instantâneo de Luna em staking e abre possibilidades nos protocolos DeFi.

Para os usuários, no entanto, as funções do token estão muito além do staking líquido: a receita do LP, consistindo em LunaX-Luna, pode sintetizar automaticamente Luna e stablecoins (uma vez convertidas em Luna). Em adição, o LunaX permite que seus detentores obtenham airdrops Stader (com base em um snapshot aleatório toda semana) e oferece a eles a oportunidade de receber liquidez instantânea e maiores retornos.

LunaX é um token de acumulação de composição automática que pode ser cunhado quando os usuários fazem stake com Stader, usando o pool de staking líquido. As recompensas geradas em staking na Luna (incluindo stablecoins) seriam recolocadas em staking em intervalos regulares, a partir de 24 horas.

À medida que as recompensas se acumulam, não há aumento no fornecimento do LunaX, portanto, o preço do LunaX aumenta em relação ao Luna. Em caso de redução, a oferta de LunaX permanece a mesma, mas o preço diminui à medida que a quantidade de Luna em staking diminui.

 


 

 

Fonte: Twitter — @jack_xiong137

2. pSTAKE (Cosmos)

TVL: US$ 52,01 milhões. Número de apostadores: 5.107.

O pSTAKE suporta os tokens nativos do Cosmos e Persistence, e mais redes e ativos serão suportados no futuro.

No pSTAKE, as versões encapsuladas dos principais tokens PoS são emitidas através de uma ponte cross-chain personalizada, chamada pBridge, que visa aproveitar o crescimento do ecossistema Cosmos enquanto acessa a liquidez e componibilidade do Ethereum. Você pode fazer hold desses tokens no formato ERC20 para manter a liquidez dos seus ativos em stake ou usá-los para explorar os benefícios oferecidos por outros protocolos DeFi.

Design de token duplo:

Com pSTAKE, você pode depositar ATOM através da pBridge para cunhar e receber pATOM. Esses tokens encapsulados são pATOMs pareados 1:1 e baseados em ERC-20, representando tokens não alocados na rede PoS. Os pATOMs podem ser usados no vasto ecossistema DeFi da Ethereum.

Futuramente, o pSTAKE suportará mais tokens PoS.

 


 

 

Por outro lado, você pode queimar esses pATOMs para cunhar e receber stkATOMs ERC-20 com paridade 1:1, que representam tokens em stake na rede PoS suportada. Quando você cunha stkATOMs, uma quantidade equivalente de ATOM depositada com pSTAKE é colocada em staking na rede (delegada a vários validadores de alta reputação).

Os stkTOKENs são sempre 100% apoiados por um número equivalente de tokens em stake na rede PoS subjacente. Além disso, os detentores de ATOMs podem usar pSTAKE para ganhar recompensas de staking enquanto usam stkATOMs para obter rendimento adicional ao fornecer liquidez para exchanges descentralizadas (DEXs) no Ethereum.

Com o lançamento do Gravity DEX e Osmosis, os usuários do pSTAKE também poderão aproveitar o protocolo IBC (Inter-Blockchain Communication) e usar stkATOMs emitidos na rede Persistence Core para fornecer liquidez nessas DEXs dentro do ecossistema Cosmos.

Validadores

A equipe Persistence, desenvolvedores do pSTAKE, foi uma das primeiras a adotar o PoS. A Persistence continua a expandir sua participação no espaço PoS por meio de seu braço validador AUDIT.one. Lançado em 2020, o AUDIT.one atualmente suporta mais de 20 redes, veja a seguir:

 


 

 

3. StaFi (Polkadot, Cosmos)

TVL: US$ 51,56 milhões

Redes suportadas: Ethereum/Polkadot/Cosmos/Solana/Polygon/Kusama

A camada inferior do StaFi é baseada principalmente em um sistema blockchain estabelecido pela Substrate (uma arquitetura blockchain desenvolvida pela Parity, que integra muitos módulos de desenvolvimento, incluindo módulo de consenso, P2P, Staking, etc.). Enquanto isso, a camada de contrato suporta a criação de uma variedade de contratos de staking, como contratos de staking para XTZ, Atom e Dot, respectivamente.

O rToken (Qr) é um token resgatável para os ativos em staking emitidos pelo protocolo StaFi, e os tokens nativos são colocados em stake através dos Staking Contracts da StaFi.

Assim que forem cunhados, seus rTokens serão enviados para seu endereço de carteira designado, e o fornecimento deste token é determinado pelo número de tokens nativos colocados em staking pelos usuários (Qs) e a taxa de câmbio do rToken (Cr), portanto:

Qr=Qs/Cr

No momento, os tokens que podem ser apostados com StaFi e transformados em rToken podem ser divididos em quatro categorias:

1) rETH: o rToken para staking no ETH 2.0 depois que for lançado.

2) rTokens para Polkadot: rFIS, rDOT, rKSM e rTokens para outros projetos baseados no Substrate.

3) rToken para o ecossistema Cosmos: rATOM, rKAVA, etc.

4) Outros, como rXTZ, rEOS, etc.

4. Marinade (Solana)

TVL: US$ 644,27 milhões (aproximadamente 733 milhões SOL)

Número de validadores: 451

O Marinade.finance é um protocolo de staking líquido, sem custódia, construído em Solana. Com ele, seus tokens SOL são colocados em staking através de estratégias automatizadas e distribuídos entre mais de 450 validadores, excluindo o chamado “grupo de segurança” (top 19 validadores).

Você pode colocar seus tokens SOL em staking com o Marinade usando estratégias de staking automatizadas e receber tokens “SOL marinados” (mSOL) que você pode usar em finanças descentralizadas (DeFi). No momento, o mSOL pode ser usado para ganhar recompensas de farming nos principais protocolos de exchanges descentralizadas e DeFi dentro do ecossistema Solana, incluindo Sabre, Raydium, Solend, Mercurial, Serum, Port, Orca, Parrot, etc.

 


 

 

O preço do mSOL sobe em relação ao SOL durante cada época, com as recompensas sendo acumuladas nos tokens SOL em staking. Você pode sacar seu SOL a qualquer momento, retirando-o do stake e aguardando o período de desbloqueio, ou imediatamente, com uma pequena taxa.

O preço do mSOL é calculado assim:

preço do mSOL = total em staking / tokens cunhados

 


 

 

Isso significa que, enquanto o protocolo distribuir recompensas de staking para SOL em stake nele, o preço do mSOL continuará subindo em relação ao SOL durante cada época. Se você mantiver um token mSOL por um ano, seu valor para SOL aumentará em 6,19% (APY divulgado pela Marinade).

 


 

 

Token de governança MNDE

35% — Distribuição DAO: usado como detentores de tokens por meio de propostas, inicialmente usado para programas de cultivo de rendimento.

35% — Tesouraria DAO: uma reserva de tesouraria a ser utilizada para operações, programas de doações e parcerias estratégicas.

30% — Equipe: esta é uma alocação para contribuidores atuais e futuros. A distribuição ainda não começou e os fundos são atualmente controlados pela multisig da Marinade.

Importante notar que a Marinade não é apoiada por vendas de token, investimento privado ou fundos de capital de risco.

O futuro das soluções de staking líquido

Resumindo, à medida que as redes públicas e seus ecossistemas continuam a expandir, as soluções de staking de líquido habilitadas para redes públicas terão que cobrir o ecossistema multi-chain, além de serviços de staking projetados para uma rede pública.

Tais projetos concorrerão com projetos de staking em outras redes públicas, e até mesmo com ETH 2.0. No futuro, o mercado de soluções de staking líquido provavelmente será dominado por uma superpotência e muitas grandes potências.

Além das vantagens inerentes dos ativos em staking, os projetos também precisarão competir entre si em termos de tecnologia de segurança de staking de nós e capacidade operacional de nós em várias redes. Como usuários, UX satisfatórias, operações de staking mais simples e custos de aprendizado mais baixos serão algumas das nossas considerações para escolher uma solução de staking líquida.


Artigo Passado
Academia CoinEx | O que são ordens limitadas e ordens de mercado?
Artigo Próximo
Maximize seus retornos com futuros contra a oscilação do mercado