Fiat Zona de iniciantes
Fazer Login
Academia de CoinEx

Explorando o Mundo do Bitcoin — Uma Revisão do Ecossistema BTC

2023-07-03 09:36:35

O ecossistema BTC é uma rede baseada na comunidade que abrange tecnologias e aplicações complexas e em rápida evolução, centradas na adoção e desenvolvimento do Bitcoin.

Este ecossistema abrange todos os tipos de DApps, incluindo infraestruturas, carteiras, mercados de negociação, NFTs e soluções de Camada 2. Embora enfrente desafios como a escalabilidade e a maturidade da infraestrutura subjacente, esse ecossistema em fase inicial tem demonstrado um crescimento e potencial enormes.

Dados da Glassnode sugerem que o número de endereços Bitcoin ativos está aumentando desde o início de 2023. Enquanto isso, a rede também registrou um forte crescimento nos volumes de transações. Apesar das oscilações de preço do ORDI, as atividades on-chain continuaram a prosperar, o que é um indicador de um ecossistema positivo.

1. NFTs Ordinals

NFTs Ordinals são tokens não fungíveis únicos inscritos na blockchain do Bitcoin em uma ordem específica. Ao contrário dos NFTs tradicionais cunhados por meio de contratos inteligentes em blockchains como Ethereum, os NFTs Ordinals são inscritos diretamente em satoshis, a menor unidade do Bitcoin.

Aqui estão alguns projetos Ordinals NFT que ganharam força na comunidade cripto, cada um utilizando o protocolo Ordinals para criar NFTs únicos e valiosos na blockchain Bitcoin.

● Ordinal Punks: Uma coleção PFP (Foto de Perfil) com uma oferta total de 100 NFTs na blockchain Bitcoin, criados dentro das primeiras 650 inscrições.

● Bitcoin Frogs: Outra coleção popular. Cada NFT de sapo representa uma inscrição única na blockchain do Bitcoin, que mostra o valor e a colecionabilidade de cada sapo.

● DogePunks: O projeto combina a popularidade do Dogecoin com a singularidade do protocolo Ordinals em uma coleção NFT. Cada DogePunk NFT representa uma inscrição específica na blockchain do Bitcoin.

● TwelveFold: Um projeto NFT Ordinals com foco na escassez e singularidade, com cada NFT sendo uma inscrição única no Bitcoin.

Deve-se notar que, no entanto, o protocolo Ordinals gerou diferentes pontos de vista na comunidade cripto. Alguns o veem como uma forma inovadora de expandir os casos de uso do Bitcoin e criar criptoativos valiosos, enquanto outros estão preocupados com sua escalabilidade e potencial impacto nas taxas de transação.

No entanto, o boom dos NFTs Ordinals atraiu grande atenção para a rede de Camada 2 do Bitcoin e seu potencial para promover mais aplicações.

2. BRC-20

BRC20 (Bitcoin Resource Contract 20), um padrão de token experimental desenvolvido para o Bitcoin, permite a emissão, cunhagem e transferência de tokens na rede BTC. Semelhante ao ERC20 da Ethereum, o BRC20 especifica o nome, fornecimento, transferência e outras funcionalidades de tokens emitidos na blockchain.

Comparado a outros padrões como o ERC20, o BRC20 oferece a vantagem de barreiras técnicas mínimas. Como a plataforma do protocolo BRC já foi codificada, os desenvolvedores podem facilmente implementar tokens adicionais ajustando os parâmetros do código.

Apesar disso, é importante ressaltar que o BRC20, formato experimental, vem com um projeto inacabado. No entanto, graças ao seu mecanismo justo de distribuição de tokens, o BRC20 tornou-se bastante popular entre os usuários de criptomoedas.

Com o BRC20, todos os usuários são tratados igualmente em termos de cunhagem e as equipes dos projetos não podem reservar ou emitir tokens adicionais, o que cria uma concorrência justa. Vale ressaltar, que os tokens BRC20 não oferecem valor intrínseco e são frequentemente considerados mercadorias especulativas.

Quanto à implementação, os tokens BRC20 são inscritos em satoshis, a menor unidade do Bitcoin, e ao contrário dos tokens ERC20, eles não podem interagir com contratos inteligentes. Entretanto, o protocolo BRC20 oferece uma nova forma para a comunidade Bitcoin implementar tokens, o que facilita a inovação no ecossistema e atrai mais desenvolvedores e usuários para a comunidade.

3. Projetos Camada 2/DeFi

Conforme o volume de transações do Bitcoin continua aumentando, uma tendência importante de desenvolvimento é descobrir como manter a segurança subjacente do Bitcoin enquanto permite que ele processe mais transações.

Ao mesmo tempo, a questão das recompensas dos mineradores se tornou mais proeminente, à medida que o halving do Bitcoin se aproxima, o que desencadeou o surgimento de soluções de camada 2 e sidechain que se concentram na limitação do tamanho do bloco do Bitcoin.

Hoje, vamos mergulhar em várias soluções de Camada 2 e projetos DeFi construídos na rede de Camada 2 do Bitcoin.

● Stacks:

Stacks é uma solução Camada 2 para o Bitcoin que permite a execução de contratos inteligentes e o desenvolvimento de DApps na blockchain do Bitcoin. O projeto visa introduzir a funcionalidade de contrato inteligente no Bitcoin sem modificar a própria rede.

Além disso, o Stacks possui um livro-razão separado para armazenar dados fora da rede Camada 1 do Bitcoin, permitindo que os desenvolvedores construam qualquer tipo de aplicação na blockchain.

Uma característica fundamental do Stacks é sua integração com o Bitcoin. Construído sobre a blockchain do Bitcoin, o Stacks adota a mesma tecnologia subjacente e recursos de segurança do Bitcoin.

Em outras palavras, o projeto herda a segurança e a descentralização do Bitcoin, tornando-o uma plataforma confiável e segura para a construção de DApps. As transações no Stacks são seguras e confiáveis, uma vez que são protegidas pela rede do Bitcoin.

Stacks também permite que as aplicações e contratos inteligentes usem o Bitcoin como seu ativo ou moeda para liquidar transações na rede principal do Bitcoin.

O ecossistema Stacks está crescendo rapidamente, com uma ampla gama de projetos e aplicativos em desenvolvimento atualmente. Mais de 88 projetos estão listados em seu site oficial, abrangendo DeFi, NFTs, DEXs e muito mais.

O Stacks visa capacitar as pessoas a controlar seus dados e riqueza, oferecendo uma Internet mais acessível e uma economia descentralizada.

● Rootstock

Como uma sidechain rodando na rede Bitcoin, o Rootstock (RSK) foi projetado para executar contratos inteligentes usando a linguagem Solidity da Ethereum. Um recurso importante do Rootstock é sua compatibilidade com EVM, que permite aos desenvolvedores implementar e interagir com contratos inteligentes no Rootstock usando ferramentas e estruturas familiares.

A compatibilidade também se estende a carteiras Ethereum amplamente utilizadas, como MetaMask, permitindo que os usuários acessem e interajam com DApps dentro do ecossistema Rootstock.

O token nativo da Rootstock é chamado rBTC, que está atrelado ao Bitcoin. Isso significa que o valor do rBTC está vinculado ao Bitcoin, e os usuários podem mover o BTC para a sidechain do Rootstock e voltar para a rede Bitcoin.

Além disso, o Rootstock desenvolveu uma infraestrutura chamada RIF, que é uma plataforma construída sobre o Rootstock que fornece recursos e serviços blockchain, como domínios, armazenamento e autenticação para facilitar o desenvolvimento e a implantação de DApps.

Aproveitando a segurança e a robustez da rede Bitcoin, o Rootstock se esforça para fornecer uma plataforma segura e escalável para o desenvolvimento de contratos inteligentes e DApps.

● Alex

Alex é um protocolo DeFi construído na blockchain do Stacks e é um dos protocolos mais proeminentes da rede. Em 29 de maio de 2023, o TVL do Stacks era de US$28,31 milhões, dos quais US$26,7 milhões foram contribuídos pela Alex.

Considerada a maior DEX do ecossistema Stacks, o protocolo oferece uma ampla gama de produtos e uma boa experiência de usuário. As ofertas de produtos da Alex incluem um LaunchPad de empréstimo, uma DEX, um livro de ordens e contratos futuros.

A Alex frequentemente interage com outros desenvolvedores de ecossistemas, incluindo aqueles por trás de carteiras de criptomoedas, e construiu uma comunidade animada. Além disso, o protocolo usa o Stacks para implementar contratos inteligentes, DeFi e NFTs no Bitcoin.

A DEX de Alex permite que os usuários troquem, façam stake e forneçam liquidez no BTC de maneira totalmente descentralizada. Além disso, o projeto também oferece AMM na testnet e um livro de ordens off-chain, permitindo que os usuários se envolvam em negociações de margem.

● Arkadiko

Arkadiko, um protocolo de liquidez descentralizado baseado em Stacks, pretende fornecer várias soluções DeFi para melhorar a liquidez de ativos no Stacks.

Uma de suas principais características é que os usuários podem usar seus tokens STX como garantia para cunhar uma stablecoin chamada USDA, que pode ser usada para farming e pagamento de empréstimos no Arkadiko. Além disso, o protocolo usa um mecanismo de consenso de Prova de Transferência (POX) para gerar recompensas do farming.

De acordo com a LD Capital, o Arkadiko é o segundo maior protocolo no ecossistema Stacks com um TVL de US$6,9 milhões. A equipe do Arkadiko, com fortes capacidades técnicas, trabalha em estreita colaboração com a equipe do Stacks e projetos existentes no ecossistema.

Apesar de tudo isso, o STX, principal garantia da Arkadiko, vem com um baixo valor de mercado, e o USDA stablecoin também enfrenta desafios como serviços e casos de uso limitados no ecossistema.

Juntamente com o lançamento do Stacks SBTC e o enriquecimento das aplicações de Camada 2 no Stack, espera-se que o USDA capture uma parcela significativa do mercado de stablecoins no futuro, particularmente na Camada 2 do Bitcoin. Arkadiko desempenha um papel crucial na rede BTC, pois fornece uma stablecoin descentralizada para o ecossistema.

Em poucas palavras, à medida que padrões e protocolos como BRC-20 e Ordinals NFT continuam a surgir, o ecossistema BTC tem visto um rápido crescimento e inovação.

Enquanto isso, o progresso dos recursos de suporte, como carteiras e marketplaces Camada 2, impulsionam ainda mais a expansão de todo o ecossistema. Além disso, a integração do Bitcoin com protocolos DeFi e sidechains está resolvendo os problemas de escalabilidade e velocidade de transação.

Conforme o ecossistema BTC continua a evoluir, ele oferecerá um tremendo impulso para moldar o futuro da tecnologia blockchain e das finanças descentralizadas.

Sobre a CoinEx

Fundada em 2017, a CoinEx é uma exchange global de criptomoedas comprometida em simplificar sua negociação de cripto. A plataforma fornece uma variedade de serviços, incluindo negociação spot (à vista) e de margem, futuros, swap, criador de mercado automatizado (AMM) e serviços de gestão financeira para mais de 5 milhões de usuários em mais de 200 regiões e países.

Fundada visando criar um ambiente igualitário e respeitoso no mercado de criptomoedas, a CoinEx está empenhada em eliminar as barreiras das finanças tradicionais, oferecendo produtos e serviços fáceis de usar para tornar a negociação de criptomoedas acessível a todos.


Artigo Passado
Tudo o que você precisa saber sobre o que é PnL nas criptomoedas
Artigo Próximo
Novos Modelos de Negócios e Oportunidades na Web3